Viagem para Itália

Viagem para Itália: 5 coisas que você precisa saber antes de embarcar

Viajar para a Itália é o sonho de muitos. Afinal, quem não gostaria de desfrutar de uma gastronomia riquíssima, paisagens incríveis e monumentos que carregam tanta história, certo? 

No entanto, antes de começar a planejar a sua viagem, é importante que você tenha em mente algumas informações importantes sobre o país. Por isso, elencamos 5 coisas que você precisa saber antes de pisar no aeroporto. Vamos lá? Boa leitura! 

1. Quais as cidades mais visitadas na Itália?

Antes de listarmos os destinos italianos mais populares entre os turistas, é importante ressaltar que no seu roteiro não precisa estar as cidades mais visitadas. O ideal é que você opte por operadoras de turismo que montem um pacote de viagem com os lugares que mais te interessam. 

Ainda assim, é interessante saber quais os locais favoritos dos viajantes. Por isso, separamos os 4 mais buscados por eles, segundo site italiano Travel365. Confira a baixo! 

  • Roma: cidade que abriga o famoso Coliseu;
  • Milão: localizada no norte do país e conhecida pela moda; 
  • Veneza: a cidade das águas é perfeita para uma viagem romântica; e
  • Florença: local ideal para aqueles que apreciam arte.

2. Qual a comida típica da Itália?

Se você é fã de carboidratos, a culinária italiana te agradará — e muito! Viajar para a Itália é também vivenciar uma excelente experiência gastronômica. Com pizza saborosas e doces irresistíveis, qualquer que seja a região do país, é possível provar massas e sobremesas clássicas italianas. 

Por isso, vale a pena pesquisar os restaurantes mais famosos das cidades que você visitará e incluí-los no seu roteiro. Temos certeza que a alimentação na Itália será um dos pontos altos (e inesquecíveis) da viagem. 

3. Quanto custa viajar para o país?

É muito provável que essa seja a dúvida mais comum entre os turistas e também a mais procurada. No entanto, a resposta pode variar muito, uma vez que os gastos e preços de uma viagem para Itália dependem de diversos fatores, tais como: destinos escolhidos, duração da viagem, tipo de hospedagem, meios de transporte utilizados, dentre outros. 

Portanto, não há como definir um valor exato sem analisarmos alguns pontos, mas podemos afirmar que a Itália é um destino para diversos bolsos. É possível visitar o país gastando pouco, como também ter uma experiência mais luxuosa e requintada. 

4. Quantos dias são necessários para conhecer a Itália?

Assim como os valores da viagem, a quantidade de dias necessários para conhecer as principais cidades da Itália pode variar. Isso dependerá da quantidade de destinos que você escolher e o número de dias para conhecer cada um deles. 

O ideal é reservar ao menos 15 dias para explorar o país e conhecer os lugares mais requisitados. Por isso, procure por roteiros que ofereçam esse tempo de viagem. Vale ressaltar que é possível visitar o país em um período mais curto – mas já garantimos que você vai querer ficar mais!

5. Quais documentos eu preciso para viajar?

Para os brasileiros, os pré-requisitos para entrar em território italiano são poucos. Não há necessidade de visto para aqueles que permanecerão no país por até 90 dias. Portanto, é preciso apenas apresentar o passaporte brasileiro. Com ele, você pode transitar por todo o Espaço Schengen — composto por 26 países europeus. 

Gostou das informações? Agora, você está pronto para arrumar as malas e aproveitar tudo o que a bela Itália tem a oferecer. Para realizar a sua viagem, conte com a LeptisTour, operadora de viagens especializada no turismo italiano. Nós montamos roteiros personalizados, de acordo com o tempo disponível e destinos que você mais deseja conhecer. Para conhecer alguns dos nossos roteiros, acesso nosso site e entre com contato com a nossa equipe. Temos a viagem ideal para você!

You may also like...

Recent Posts

1 Comment

  1. Turismo Italiano: 4 passeios que você não pode perder « LeptisTOUR

    […] difícil viajar para Itália e não se encantar com cada canto, já que mesmo as cidades pequenas têm vistas e monumentos […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.